Neste artigo falarei sobre a Franzininho Tiny, uma placa de desenvolvimento 8bit baseada no chip ATtiny841 desenvolvida pelo amigo Fábio Souza.

   A placa Franzininho Tiny ainda está em versão beta (eu recebi uma para testar <3 ), mas quando for lançada com certeza vai estar no site oficial do projeto, franzininho.com.br/ . Todos os arquivos de fabricação da placa estão neste link do GitHub.

placa 8bit franzininho tiny

   Em termos de hardware eu vou começar falando do chip da placa: o ATtiny841. A primeira revisão do datasheet foi lançada em Setembro/2012, portanto é um chip ainda em começo de vida. Em relação aos recursos do chip, a tabela abaixo contrasta o ATtiny841 com o ATmega328 (o chip do Arduino UNO!):

Attiny841 Atmega328
Tipo de memória de programa Flash Flash
memória de programa (kB) 8 32
Velocidade da CPU (MIPS) 16 20
Memória SRAM (Bytes) 512 2048
Memória EEPROM (Bytes) 512 1024
Comunicações (canais) 2 UART, 1 SPI, 1 i2C 1 UART, 2 SPI, 1 i2C
Captura/CCP/PWM 2 captura, 2 CCP, 6 PWM 1 captura, 1 CCP, 6 PWM
Temporizadores 1 8Bit, 2 16Bit 2 8Bit, 2 16Bit
Comparadores 2 1
Tensão de operação 1,7V até 5,5V 1,8V até 5,5V
Pinos 14 32

   É possível perceber que o ATMEGA328 é um chip maior, tanto em tamanho como em quantidade de pinos e também de memória, porém o ATtiny841 tem 2 UART de hardware, a mesma quantidade de canais de PWM e o dobro de canais de comparadores em relação ao ATMEGA328. É um baita chip!.

Segue abaixo a pinagem do Franzininho Tiny:

pinagem placa franzininho tinyClique na imagem para ampliar

   A placa conta com 12 pinos utilizáveis (além do +5V e GND): 11 de I/O e 1 de Reset. Nos meus testes iniciais eu não consegui utilizar a função analogWrite (saída PWM), porém a leitura analógica (analogRead) funcionou bem. Entradas e saídas digitais também funcionaram sem problemas.

Programando com a IDE do Arduino

   O Fábio Souza desenvolveu todo o ecosssitema para ser possível programar a Franzininho Tiny com a IDE do Arduino. O Bootloader é chamado de Micronucleus (GitHub aqui), e permite gravar o Franzininho Tiny diretamente pela IDE do Arduino via USB, sem chip conversor!.

   Eu uso apenas Linux (Lubuntu) aqui no FritenLab, então vou descrever o passo-a-passo que o Fábio Souza me passou para poder gravar a placa via IDE do Arduino:

  • Baixar o arquivo “49-micronucleus.rules” de dentro do repositório ofical do Micronucleus (link aqui),
  • Abrir a linha de comando e copiar este arquivo para a pasta /etc/udev/rules.d/ (usando sudo),
  • digitar o seguinte comando: sudo udevadm control –reload-rules ,
  • Abrir a IDE do Arduino e tentar gravar um sketch na placa Franzininho Tiny (pressionar o botão reset da placa quando a IDE acabar de compilar e começar a tentar gravar),
  • Caso não funcione, reinicie o computador e tente o passo acima novamente.

   OBS: caso você utilize Windows, basta instalar o driver UART, que está na subpasta “windows_driver_installer” disponível neste link  .

   Para os dois casos (Windows e Linux) é preciso adicionar suporte á placa Franzininho Tiny na IDE do Arduino, no menu “Arquivo > Preferências”, colando a seguinte URL: https://raw.githubusercontent.com/FBSeletronica/pacote/master/package_franzininho_index.json (similar ao que já expliquei neste artigo).

   Depois é preciso ir até o menu “Ferrramentas > Placas > Gerenciador de placas”, procurar por “Franzininho” e instalar. Pronto, agora você pode programar a Franininho Tiny pela IDE do Arduino!

franzininho tiny piscando led

Primeiras impressões sobre a placa:

  • Bem compacta e num formato “breadboard-friendly” (feita para protoboard!),
  • Adorei a capacidade de gravar códigos sem precisar de conversor (direto na USB), apesar de ter que apertar o botão RESET,
  • Regulador de tensão LP2985 é um LDO que permite tensões DC de entrada entre 5,3V e 16V e entrega 150mA (0,15A) para a placa,
  • Tem LED’s onboard para indicar alimentação e também fazer blink!,
  • Pelo pequeno formato eu tenho certeza que esta é uma placa feita para embutir (embarcar) em projetos definitivos.

No futuro vou publicando mais informações e reviews sobre a placa, inclusive com exemplos de códigos.

Enquanto isso, se você ainda não conhece a loja virtual do FritzenLab, clique no link.

Franzininho tiny: placa de desenvolvimento 8bit
Classificado como:                        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *