A família de módulos Wi-Fi ESP8266 é bem conhecida pela comunidade de makers/fazedores do Brasil e do mundo. Se você ainda não conhece este pequeno e poderoso módulo (e suas variantes) leia aqui o artigo que eu escrevi sobre ele.
   Eu particularmente gosto muito da variante ESP-12E (imagem abaixo), pois é a mais completa em termos de GPIO (pinos de entrada e saída); eu já escrevi sobre o ESP-12 aqui no blog, neste link. Além do mais o preço do ESP-12E é praticamente o mesmo do ESP8266, e você tem muito mais funcionalidades no ESP-12E.
   Obviamente devido à popularidade deste tipo de componente existem diversas variações e form-factors sendo oferecidos no mercado, a maioria com o objetivo de facilitar a vida do hobbysta/maker na hora de prototipar suas ideias. Alguns exemplos são a versão NodeMCU, a versão Shield de Arduino e a versão Mini.
   Porém algumas vezes você hobbista/maker pode querer criar suas próprias placas, para que sejam pequenas (menores), mais personalizadas e até mesmo com menos recursos (e mais baratas!). Se este é o caso este artigo é para você, pois eu vou ensinar como adaptar (soldar) a placa ESP-12E em seus próprios projetos.
______________________________________________
Mas Fritzen, qual o problema? porque eu não posso simplesmente soldar o ESP-12E em uma placa de protótipos ou colocar nela alguns pinos para protoboard? Eu explico: porque a distância entre os pinos do ESP-12E (2,0 mm) é menor do que a distância padrão de protoboards e placas de protótipo (2,54 mm) . Veja imagem abaixo.
ESP-12_Dimension-1
O problema: distância entre pinos diferente do padrão
   O que fazer então? Nas imagens abaixo eu ensino passo-a-passo como adaptar o ESP-12E para poder ser montado em protoboards e placas de protótipos. Basicamente você vai precisar de pernas de resistores (ou fios rígidos), que são flexíveis o suficiente para “absorver” a diferença de distância entre o ESP-12 e sua placa.
Passo 1) Corte um pedaço das pernas de resistores ou diodos ou capacitores (elas geralmente vem maiores que o necessário) ou até mesmo fio rígido, e insira cuidadosamente 8 pedaços em uma protoboard, conforme a imagem abaixo.
pinos-esp12-soldados-de-um-lado-1
Clique na imagem para ampliar
Passo 2) Cuidadosamente insira cada um dos 8 pinos nos 8 furos do ESP-12. Um alicate pode ajudar neste momento. Depois de inserir os pinos é hora de fazer a solda: encoste o ferro de solda em um pino de cada vez, colocando também um pingo de estanho. Veja imagem abaixo.
esp12-soldado-em-placa-prototipo-1
Clique nas imagens para ampliar
Passo 3) Repita o procedimento acima para os 8 pinos do outro lado do ESP-12, até que os 16 pinos estejam soldados. As imagens abaixo demonstram o ESP-12 soldado em uma placa de protótipos. Veja que os pinos vão encaixar facilmente na placa, pois foram “moldados” na protoboard.
esp12-soldado-em-placa-prototipo2-1Clique nas imagens para ampliar
Passo 4) Agora é só sair usando seu ESP-12 adaptado para a distância padrão de protoboards e placas de protótipos, que é de 0.1″ (2,54 mm).
Observações: 
– Os pinos recém-soldados podem ser cortados no tamanho desejado (conforme necessidade)
– Desta forma o ESP-12 pode ser tranquilamente utilizado em circuitos direto na protoboard, é só cuidar para não amassar os pinos ao inserir/remover o chip.
– Para comprar o módulo Wi-Fi ESP-12E em nosso Parceiro ICStation (da China), clique aqui:  ESP8266 ESP-12 Remote Wireless Module WIFI to UART Module
Até a próxima, galera!.
Hack do Fritzen [7] – Módulo Wi-Fi ESP-12 na Protoboard
Classificado como:                                    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
15 + 13 =